Inscrições para oficinas em Salvador acontecem até dia 15. Veja a programação.

11/11/2013

Os/as interessados/as em participar das oficinas do projeto “Ciclo de Formação Mídia e Educação em Direitos Humanos”, na cidade de Salvador, devem se inscrever até a próxima sexta-feira, dia 15. As inscrições acontecem exclusivamente pelo site www.intervozes.org.br/direitoshumanos/

Após o encerramento das inscrições, a coordenação do projeto selecionará os/as 30 participantes das oficinas, observando critérios como questão racial, de gênero, geracional e participação em movimentos sociais e entidades populares, dentre outros. A lista com os/as 30 selecionados/as será divulgada no dia 19 de novembro, no site do projeto.

Segundo a coordenadora das oficinas em Salvador, Thaís Brito, “o Ciclo será um espaço de formação nos temas de mídia e educação em direitos humanos e vai instrumentalizar militantes sociais e comunicadores populares para atuarem na promoção e garantia desses direitos”.

Em Salvador, as oficinas acontecem nos dias 22, 23, 29 e 30 de novembro, sempre a partir das 8:30h, na Sala Alexandre Robatto, DIMAS – Diretoria de Audiovisual da Fundação Cultural do Estado da Bahia, que fica localizada na Rua General Labatut, nº 27, subsolo da Biblioteca Pública, nos Barris.

Abaixo, segue a programação detalhada das oficinas na capital baiana.


PROGRAMAÇÃO


DIA I – 22 de novembro (sexta-feira)

Direitos Humanos: princípios e mecanismos de proteção.

            8:30h

            Abertura

            Paulo Victor Melo (Coletivo Intervozes)

            Adriano Sampaio (Centro de Comunicação Democracia e Cidadania)

            14:00h

            Samuel Vida (Professor Direito UFBA/UCSAL)

            Leitura Crítica da Mídia:

            A sociedade ocupa a TV – O caso do Direito de Resposta e o controle público da mídia

            Observatório de Mídia e Direitos Humanos da Bahia

DIA II – 23 de novembro (sábado)

Direitos Humanos: Pessoas com deficiência |  Idosos |

            8:30h

            Emerson Almeida Cabral (Advogado, especialista em direito autoral e direito de imagem)

            14:00

            Ednilson Sacramento (Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência)

            Leitura Crítica da Mídia – Representação da população idosa na Mídia Brasileira

DIA III – 29 de novembro (sexta-feira)

Direitos Humanos: Negros e Negras

            8:30h

            Paulo Rogério (Instituto Mídia Étnica)

            14:00h

            Vilma Reis (Conselho da Comunidade Negra/Centro de Estudos Afro-Orientais)

            Leitura Crítica da Mídia – Representação dos negros e negras na Mídia Brasileira

DIA IV – 30 de novembro (sábado)

            8:30h

            Amanda Cunha (Marcha Mundial de Mulheres)

            Leitura Crítica da Mídia – Representação das Mulheres na Mídia Brasileira         

            14:00h

            Ana Fernanda  (Agência de Notícias dos Direitos da Infância)

            Leitura Crítica da Mídia – Representação das crianças e adolescentes na Mídia Brasileira


Veja também

Oficinas em Salvador

Oficinas em Salvador

19/11/2013 - Datas: 22, 23, 29 e 30 de novembro Local: Sala Alexandre Robatto, DIMAS – Diretoria de Audiovisual da Fundação Cultural do Estado da Bahia,...

Anatel proíbe redução na velocidade de internet fixa por tempo indeterminado

Anatel proíbe redução na velocidade de internet fixa por tempo indeterminado

25/04/2016 - A Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) proibiu, por tempo indeterminado, que as operadoras de telefonia reduzam a velocidade da int...

Reajuste zero é só amostra do “saco de maldades” da Telefônica/Vivo para o ACT 2018/2020

Reajuste zero é só amostra do “saco de maldades” da Telefônica/Vivo para o ACT 2018/2020

20/08/2018 - Incentivada pelo “liberou geral” da “deforma trabalhista” do governo golpista, a Telefônica/Vivo acena com proposta que pode ampliar mais ai...

PEC das domésticas aprovada no Senado mantém desigualdade

PEC das domésticas aprovada no Senado mantém desigualdade

09/05/2015 - Para Contracs e Federação das Domésticas, aprovação mantém categoria com direitos diferentes dos demais trabalhadores Após dois anos de e...