SINTTEL-SE participa do maior ato da história de Sergipe

02/05/2017

No dia 28 de abril, o Brasil parou contra as Reformas da Previdência e Trabalhista e as terceirizações. Todas as centrais sindicais se uniram à Frente. O movimento grevista percorreu as capitais, as grandes, médias e pequenas cidades. Ônibus, metro e avião não funcionaram regularmente. Mais de 35 milhões de trabalhadores aderiram à greve geral no país.

grevegeralsinttel mai 1



Em Sergipe, mais de 60 mil pessoas estiveram nas ruas dizendo não às reformas, e a direção do SINTTEL-SE foi voz firme na luta em defesa dos trabalhadores e trabalhadoras. Veja o vídeo abaixo com a fala da presidenta Iaraci Silva.







Veja também

Petroleiros de todo país fazem greve geral nesta sexta (24)

Petroleiros de todo país fazem greve geral nesta sexta (24)

23/07/2015 - Paralisação é uma advertência contra desinvestimentos da Petrobras e repúdio ao projeto de Serra para entrega do pré-sal Escrito por: ...

Oficinas em São Paulo: inscrições até sábado (30)

Oficinas em São Paulo: inscrições até sábado (30)

28/11/2013 - A Coordenação do Ciclo de Formação Mídia e Educação em Direitos Humanos informa que os/as interessados/as em participar das oficinas em São ...

Trabalhadores da VIVO: proposta da empresa continua medíocre

Trabalhadores da VIVO: proposta da empresa continua medíocre

19/09/2019 - No dia 12 de setembro em Vitória/ES, a Comissão Nacional da Fitratelp (CNN FITRATELP), juntamente com a federaçã...

Trabalhadores aprovam acordo em assembleia

Trabalhadores aprovam acordo em assembleia

26/04/2017 - Após vários embates sem êxito, tentando quebrar a intransigência da direção do Sindicato das Empresas de Asseio e Conservação de Sergipe – S...